Fisio e Terapia Integradas

Fisioterapia Articular Analítica

É um método de terapia manual específico para as articulações, baseado nos estudos biomecânicos de Raymond Sohier, na Bélgica em 1945. A técnica consiste em uma nova visão para analisar o funcionamento da máquina humana e suas afecções rearmonizando os tecidos articulares, algo que não acontece na fisioterapia e tratamentos clássicos, que são incapazes de corrigir este tipo de lesão.

A técnica deixa de lado a aplicação de força e de amplos movimentos e propõe um novo olhar sobre a máquina humana buscando a análise, a harmonização das articulações do corpo através de micromovimentos estimulados pelo fisioterapeuta, proporcionando maior estabilidade e equilíbrio do corpo recuperando a fisiologia das articulações prejudicadas por patologias principalmente biomecânicas.

A ideia da técnica é a de que um bom rendimento de uma articulação não significa uma boa saúde dos tecidos, portanto, é preciso que se faça uma análise mecânica do corpo como se ele fosse, de fato, uma máquina, observando o funcionamento pontual de cada articulação e de que forma isso está interferindo no funcionamento geral do corpo.

A aplicação da técnica além de não apresentar contra indicações, também é absolutamente isenta de dor e de necessidade de esforço por parte do paciente. Os movimentos propostos pelo método são muito suaves, delicados e agradáveis para o paciente, que se mantém parado e relaxado, enquanto recebe os micros movimentos. Além disso, dependendo do caso, é possível perceber diferenças significativas já após a primeira sessão.

O paciente perceberá suas articulações mais soltas e sentirá menos dificuldade em realizar movimentos nas regiões trabalhadas pelo fisioterapeuta, apresentando menos queixas de dor logo após a sessão e se sentindo cada vez melhor à medida que o tratamento evolui. Pode ser integrado à acupuntura auricular com excelentes resultados, confecção de palmilhas posturais.

As sessões duram em média 1 hora.

image
image
image